Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Namoro
Sertanejo
Últimos Web Stories
Famosos do esporte
Instagram dos famosos
Gravidez das famosas
Look de famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Pantanal
Novela Cara & Coragem
Novela Além da Ilusão
Novela Carinha de Anjo
Novela Poliana Moça
Novela Reis
Novela A Favorita
Resumo de novelas
TV
Power Couple Brasil
Masterchef Brasil
A Fazenda
BBB 23
Reality Show
Domingão com Huck
Caldeirão
Mais Você
Encontro com Fátima
Séries
Filme 365 Dias
Casamento às Cegas Brasil
Cinema
Séries e filmes
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Virginia Fonseca
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Paolla Oliveira
Wanessa
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Jade Picon
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Inverno
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta
Astrologia
Coluna É Trend!
Home Marcius Melhem

Dani Calabresa pode pagar R$ 250 mil a Marcius Melhem por denúncia de assédio. Entenda!

Dani Calabresa pode pagar R$ 250 mil a Marcius Melhem por denúncia de assédio. Entenda!
Marcius Melhem está pedindo na Justiça quase R$ 250 mil de indenização a Dani Calabresa após humorista acusá-lo de assédio, relata o colunista Leo Dias. Advogados do ex-diretor da Globo dizem que comediantes trocavam mensagens em 'tom jocoso e íntimo'

Acusado de assédio sexual por Dani Calabresa, Marcius Melhem quer R$ 200 mil de indenização por danos morais em processo que move contra a humorista. A informação é do colunista Leo Dias, do portal "Metrópole". Ex-diretor-geral do núcleo de humor da Globo, Melhem, que nega as acusações e já as classificou como "vingança", diz através de seus advogados que irá repassar a quantia, caso saia vitorioso, para a AACD (Associação de Assistência à Criança Deficiente).

"A gravidade da falsa imputação do crime/delito de assédio divulgada perante diversas mídias e corroborada pela Ré (Dani Calabresa) tem repercussão nacional, impondo dano incomensurável à reputação e honra do Autor (Marcius Melhem). Além de ter sua vida profissional maculada de forma potencialmente irremediável, ganha relevo o reflexo da reprovabilidade pública de condutas delitivas/criminosas, como aquelas imputadas ao Autor, no âmbito familiar e social", relata trecho do processo.

Melhem quer que Dani pague despesas com terapia: R$ 50 mil

Nesse processo que Melhem move contra Dani estão prints de diálogos que tiveram enquanto trabalhavam na emissora carioca. "Era rotineira a troca de mensagens, tanto pessoais como profissionais entre ambos: Daniella enviava matérias que queria ver comentadas pelo Autor, reclamava do conteúdo de outras produções, desabafava sobre insatisfações diversas – profissionais e pessoais. O tom jocoso e íntimo era constante no tratamento entre ambos. Entre Autor e Ré eram comuns as brincadeiras, inclusive de natureza sexual. Mas nada aí havia de constrangedor, abusivo ou imposto", prossegue o documento.

Fora os R$ 200 mil, Melhem diz que a comediante deve ainda pagar aproximadamente R$ 50 mil a ele por conta de sessões de terapia às quais o ex-diretor se submeteu assim que as denúncias vieram à tona. O intérprete do seu Boneco da segunda versão da "Escolinha do Professor Raimundo" deixou a Globo em março do ano passado, alegando que iria acompanhar tratamento de saúde da filha.

Também segundo o colunista, Dani teria passado a acusar Melhem depois que um projeto entregue a ela para a TV acabou vetado. A atração seguiria os moldes do extinto "Furo MTV". Na sequência, os humoristas teriam tido um desentendimento no âmbito profissional.

Globo se posicionou após denúncias de Dani contra Melhem

Em dezembro, após a ex-mulher de Marcelo Adnet acusar o então colega de emissora, a Globo se posicionou pela primeira vez em nota lida no "Jornal Nacional" afirmando que "investiga criteriosamente todas as denúncias de assédio e que não tolera comportamentos abusivos".

"Mas que não pode comentar publicamente nenhuma investigação desse tipo por ter assumido com todos os seus colaboradores um compromisso de sigilo do processo, que resguarda a investigação dos fatos, denunciantes, denunciados e testemunhas. Mesmo nas hipóteses de desligamento, as razões não são tornadas públicas", completou.

Um pouco antes, Dani usou sua rede social para comentar a repercussão das denúncias que fez na revista "Piauí" contra Melhem. "Assédio é crime", classificou.

(por Guilherme Guidorizzi)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.