Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Amor de Mãe
Novela Salve-se Quem Puder
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Amor Sem Igual
Novela Nos Tempos do Imperador
Resumo de novelas
TV
BBB20
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Mundo Dellas

Sidney Magal revela ao 'Fantástico' que cigana Sandra Rosa Madalena não existe

Compartilhe no Facebook

A cigana Sandra Rosa Madalena, nome feminino que dá título a um dos hits de maior sucesso da música popular brasileira no fim dos Anos 70 e início dos Anos 80 na voz de Sidney Magal , nunca existiu. A revelação foi feita pelo próprio cantor na noite deste domingo, 14 de junho, no "Fantástico ".

"Eu gostava deste mistério, mas o "Fantástico" resolveu revelar para todo mundo. Ela não existiu até a música ser composta", disse Sidney aos apresentadores Tadeu Schmidt e Poliana Abritta . Em fevereiro, o músico cantou a canção com o galã Alexandre Nero no "Domingão do Faustão".

Composta em 1978 pelo produtor Roberto Livi e por Miguel Cidras, a música alavancou a carreira de Sidney Magal: "Foi uma ideia do meu produtor, empresário e compositor de 'Sandra Rosa Madalena' de juntar três nomes de mulheres populares no Brasil: Sandra, Rosa e Madalena; e formar uma cigana fictícia que seria musa verdadeira da minha música", revelou o cantor.

A música de Sidney Magal foi das rádios para as ruas: "Existem pessoas que colocaram o nome de Sandra Rosa Madalena nas suas filhas", disse Sidney Magal. O músico já conheceu pessoalmente algumas delas: "Pelo menos umas cinco. Uma em São Paulo, uma em Salvador, uma outra no Rio de Janeiro", disse o cantor, tentando se lembrar das cidades onde essas mulheres vivem.

O clipe original da música foi lançado no "Fantástico" e ganhou uma paródia de Marcelo Adnet no mesmo programa, em fevereiro de 2013.

Clássico popular brasileira, "Sandra Rosa Madalena" tem fãs até hoje, como por exemplo Bruna Marquezine , que deu um show ao dançar a música com Tiago Abravanel em fevereiro de 2014.

Série mostrará a história de outras musas inspiradoras

O depoimento fez parte da estreia da série "Musas Populares Brasileiras", que mostrará em quatro episódios quem são e se existiram ou não as mulheres que inspiraram clássicos da música brasileira. No quadro, divido entre em várias partes durante o programa, diversos personagens contam histórias, fictícias ou não, relacionadas à canção tema. O público se manifesta através das hashtags #existiu ou #naoexistiu opinando se acreditam ou não que a mulher em questão é verdadeira ou invenção.

No primeiro episódio da série "Musas Populares Brasileiras" o público errou no palpite. De acordo com apuração do "Fantástico" 84% do público que participou acreditava que a cigana Sandra Rosa Madalena era verdadeira e usou a hastag #existiu. Acertaram o resultado os 16% restantes, que usaram a hashtag #naoexistiu.

Nos próximos domingos o público deverá adivinhar se Mila, Amélia e Carolina eram verdadeiras.

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.