Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Órfãos da Terra
Novela Verão 90
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Jezabel
Novela Bom Sucesso
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
BBB19
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Mulher que acusa Neymar concede 1ª entrevista. Saiba versão da modelo!

A modelo conversou com Roberto Cabrini, do SBT, e trecho da entrevista foi exibido nesta quarta-feira (05): 'A gente começou a trocar carícias, se beijar, ele me despiu. Só que depois começou a me bater. Nos primeiros (tapas), ok. Depois começou a me machucar muito e eu falei 'para, está doendo. Ele falou: 'desculpa, linda'. Deitados na cama, rolando e tal. Perguntei: 'Você trouxe preservativo?'. Ele disse 'não'. Eu falei: 'Então não vai acontecer nada além disso, porque não podemos'. Ele me virou, cometeu o ato, eu pedi pra ele parar, mas ele continuou'.

Poucos minutos depois de Neymar defender o filho, Neymar Jr, após uma imagem dele em uma suposta briga com a jovem que o denunciou de estupro ser divulgada, o 'SBT Brasil' exibiu um trecho da entrevista de Najila Trindade Mendes de Souza, em sua primeira aparição na TV, para Roberto Cabrini. Segundo a modelo, os dois se conheceram através do Instagram e ela viajou para Paris com o desejo de ficar com o atleta, mas tudo mudou quando os dois se encontraram no hotel. "Ele me mandou mensagem falando que ia para uma festa e passar lá antes para me dar um beijo. Eu tinha o desejo de ficar com o Neymar, mas quando eu cheguei lá ele estava agressivo e totalmente diferente do cara que eu falei nas mensagens. Até aí, tudo bem. Como eu tinha muita vontade de ficar com ele, pensei, vou manejar aqui", afirmou ela.

Veja também

Negativa de sexo sem preservativo gerou estupro: 'Pedi para ele parar'

De acordo com Najila, o comportamento do atacante, apoiado pela família após a denúncia, se transformou ainda mais quando ela preferiu não transar ao notar que nenhum dos dois estava com preservativo. "A gente começou a trocar carícias, se beijar, ele me despiu. Só que depois começou a me bater. Nos primeiros (tapas), ok. Depois começou a me machucar muito e eu falei 'para, está doendo. Ele falou: 'desculpa, linda'. Deitados na cama, rolando e tal. Perguntei: 'Você trouxe preservativo?'. Ele disse 'não'. Eu falei: 'Então não vai acontecer nada além disso, porque não podemos'. Ele me virou, cometeu o ato, eu pedi pra ele parar, mas ele continuou batendo na minha bunda violentamente", disse.

'Ele me segurou violentamente', lembrou Nadila

Questionada se havia deixado claro para Neymar, cujas postagens em meio à polêmica valorizavam a religião, que não queria o ato, ela garantiu: "Falei 'para, para, para'. Ele não se comunicava, ele só agia (...) A partir do momento que ele se tornou agressivo, eu perguntei se ele tinha levado preservativo e ele disse que não. Eu falei que só iámos trocar carícias. Com o silêncio, eu entendi a concordância. Para mim, ele tinha entendido. Mas ele não entrou em um acordo comigo, não falou 'ah, não, mas eu tô a fim, eu quero'. A partir do momento que ele me segurou violentamente e continuou me batendo, ele estava me obrigando a ficar ali naquele lugar".

'Fiquei em estado de choque', afirma jovem

Segundo ela, ao fim do ato sexual, os dois não conversaram pessoalmente. "Quando eu levantei da cama, foi uma decepção. Fiquei estarrecida, não consegui falar nada, xingar, chorar, fique em estado de choque. Depois ele levantou, foi no banheiro. Ele entrou numa porta e eu saí por outra", contou Najila, adicionando: "Porque primeiro eu tive que assimilar tudo, quando ele saiu do quarto e comecei a entender tudo que tinha acontecido comigo, como ele foi estúpido, ruim, como ele me violou e me violentou... Eu quis fazer justiça. Não é só porque eu estava a fim de ficar com ele que ele tinha o direito de fazer aquilo comigo".

Modelo afirma não estar envolvida em tentativa de extorsão

Na sequência, Roberto Cabrini contou que o pai de Neymar alegou uma tentativa de extorsão e a modelo disse que partiu dos advogados, sem comunica-la. "Da minha parte não (...) Comecei a desconfiar disso do momento que ele não deixava eu dar queixa", disse sobre seu representante legal anterior, que já deixou o caso: "Ele me passou que iria fazer uma reunião com os advogados dele". Na entrevista, ela ainda foi questionada: "Você tem consciência do que isso pode representar para o Neymar?". "Tenho consciência do que aconteceu representa para mim. Ele não precisava ter feito aquilo comigo. Eu já estava ali para aquilo, nós iríamos ficar, eu ia voltar para casa e tudo certo", argumentou.

(Por Marilise Gomes)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.