Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Bom Sucesso
Novela Órfãos da Terra
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Éramos Seis
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
The Voice Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza e estilo PB valendo 27/08/19
Cabelo
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

Olheiras: saiba os melhores tratamentos e as dicas caseiras para melhorar a pele

Compartilhe no Facebook
Não dá para negrar: olheiras são incômodas. A pele escura e geralmente flácida abaixo dos olhos são resultado da ação da melanina, pigmento que dá cor à pele, somada a uma vasodilatação. Apesar de as olheiras serem associadas ao cansaço, algumas podem ser hereditárias, podendo surgir ainda na infância.

Apesar de a maquiagem ser uma grande aliada na hora de disfarçar as olheiras, há quem prefira investir em tratamentos que mandem embora o aspecto escuro abaixo dos olhos. Para te ajudar a entender o que são as olheiras e como melhorar o aspecto delas, o Purepeople conversou com a dermatologista Fernanda Casagrande e com o cirurgião plástico Marcelo Moreira, já que para cada tipo de olheira, há uma causa e um tratamento específico. Segundo os especialistas, existem, pelo menos, 4 tipos: a vascular, que tem um aspecto arroxeado; a melânica, que tem uma cor acastanhada; a anatômica, que forma uma pequena depressão e um afundamento na região abaixo dos olhos; e a olheira mista, que é uma junção das três primeiras.

Para cada olheira, uma causa diferente

Apesar de cansaço e noites mal dormidas serem os motivos mais comuns para as olheiras, eles não são os únicos. A olheira vascular, segundo a dermatologista, é aquela em que o aspecto varia durante o dia, conforme a dilatação dos vasos sanguíneos. "É formada por uma concentração e dilatação vascular. Varia de roxo claro a roxo escuro", explica. Já a olheira melânica é fixa, já que concentra melanina na região. "Tem uma coloração que pode variar de castanho claro até marrom escuro". A olheira anatômica, segundo a especialista, é como se fosse uma depressão abaixo dos olhos. "É bem evidente quando olhamos de frente para o espelho, pois a luz incidindo de cima acaba formando uma sombra nesta depressão, dando aspecto ainda pior para a olheira.

Confira os tratamentos para cada tipo de olheira

Segundo o cirurgião, as olheiras com tom acastanhado podem ser tratadas com uma combinação de Peeling de cristal, máscaras clareadoras com ácido kójico e cremes clareadores, enquanto as olheiras avermelhadas podem ser amenizadas com luz pulsada. Outra opção é o laser de CO2. "Ele remove a camada externa da pele danificada e promove o desenvolvimento de novo colágeno na derme e epiderme. Na área dos olhos, ele causa uma retração da pele, agindo sobre uma discreta flacidez palpebral, melhorando olheiras com bolsas", explica. Outra opção é a cirurgia de blefaroplastia. "Para corrigir imperfeições provocadas pela flacidez e redundância cutânea, também devido à falta de tônus dos músculos palpebrais e por presença de bolsas palpebrais herniadas", indica o especialista. Já o preenchimento com ácido hialurônico é indicado para pessoas com olhos mais profundos.

Dicas caseiras para amenizar olheiras

Para melhorar o aspecto das olheiras em casa, os dois especialistas indicam compressas com água gelada, além da água boricada à noite, antes de dormir, para diminuir o edema roxo da pele. "Existem cremes que podem clarear a pele da região, outros podem fazer uma discreta vasoconstrição e melhorar os dois fatores: vascular e melânico", explica a dermatologista Fernanda. "Além disso, dormir cerca de 8 horas por dia, não fumar e realizar sessões drenagem linfática facial são fatores que também ajudam", recomenda o cirurgião.

(Por Beatriz Doblas)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.