Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos Web Stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela Gênesis
Novela A Vida da Gente
Novela Pega Pega
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela A Viagem
Resumo de novelas
TV
A Fazenda 13
Power Couple
Ilha Record
The Masked Singer
Domingão com Huck
Caldeirão
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Virginia Fonseca
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gabi Martins
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta

Gramado: Maria Ribeiro leva prêmio por 'Como Nossos Pais'. 'Papel da minha vida'

Maria Ribeiro recebe kikito de Melhor Atriz pela atuação no filme 'Como Nossos Pais' e puxa a orelha do ex-marido, Paulo Betti, que estava na plateia
21 fotos
Iniciar o slideshow
Maria Ribeiro recebe kikito de Melhor Atriz pela atuação no filme 'Como Nossos Pais' e puxa a orelha do ex-marido, Paulo Betti, que estava na plateia
Com humor, protagonista do filme ainda deu uma 'chamada' no ex-marido, Paulo Betti, por usar o celular enquanto ela recebia o Kikito. Confira os vecendores!

Maria Ribeiro não conteve a emoção, e nem o humor, ao ser anunciada como Melhor Atriz pelo longa-metragem brasileiro "Como Nossos Pais", de Lais Bodanzky, vencedor de seis prêmios no 45º Festival de Cinema de Gramado, no sábado (26). Ao ser chamada ao palco para pegar o Kikito no evento que contou com Camila Pitanga e Antonio Pitanga, a atriz, casada com Caio Blat após superar uma crise na relação, brincou com a presença do ex-marido, Paulo Betti, na plateia: "Pô, Paulo! Presta atenção! Eu estou falando e você fica mexendo no celular! Caraca, sem noção!" Em seguida, Maria falou sobre o trabalho. "Eu sabia que estava diante do papel da minha vida. Laís, esse é o papel da minha vida. Que bom que a gente pode falar desse cinema humanista. Não é feminista, é humanista, é sobre pessoas que se amam", vibrou a intérprete de Rosa no filme, uma mulher de 38 anos que vive a crise dos 40 sobre os rumos da sua vida pessoal e profissional.

Maria Ribeiro brincou com o ex e se emocionou ao receber o Kikito
Maria Ribeiro brincou com o ex e se emocionou ao receber o Kikito

Paulo Vilhena critica governo: 'Fora Temer e viva a Amazônia'

Colega de cena de Maria Ribeiro em "Como nossos Pais", Paulo Vilhena lamentou o atual momento do país e fez um discurso contra o atual governo durante a premiação, que este ano homenageou a atriz Dira Paes. "Estamos vivendo uma era tão difícil, todo mundo está sentindo na pele o que é viver neste país do jeito que está. Fazemos cinema e arte para tentar melhorar isso. O cara que está lá representando a gente querer nos prejudicar, vá lá, entendemos. Agora, ele querer prejudicar nossos filhos e netos? Acho que vale nosso pensamento de atitude. Fora Temer e viva a Amazônia", declarou o namorado da gerente de marketing Amanda Beraldi, com quem assumiu o relacionamento publicamente em junho deste ano. A cineasta Laís Bodanzky, que subiu ao palco para receber o troféu na categoria de Melhor Direção, fez uma dedicação especial: "Quero dividir com todas as mulheres do cinema brasileiro esse Kikito que vou guardar para sempre com muito carinho. Eu tenho muito orgulho de estar aqui, como cineasta e mulher. Gostaria de destacar que essa pesquisa da Ancine (que aponta que as mulheres ocupam 15% dos cargos de direção e roteiro nas produções nacionais) mostra ainda que não há mulheres negras nessas posições. Elas não estão no espaço do discurso. Acho que essa é a nossa nova fronteira que a gente vai descobrir, e vai se alimentar de histórias incríveis que elas vão contar, pois elas já estão no curta-metragem estão chegando".

Paulo Vilhena recebe o prêmio de Melhor Ator pelo filme 'Como Nossos Pais'
Paulo Vilhena recebe o prêmio de Melhor Ator pelo filme 'Como Nossos Pais'

Maria Ribeiro ganha elogio do marido nas redes sociais

Caio Blat usou a sua conta do Instagram para parabenizar a mulher, com quem chegou de mãos dadas para a exibição do filme durante o Festival, no sábado (19). "Parabéns, Morena, sua Rosa é sublime. Melhor atriz em Gramado, mais que merecido. 'Como Nossos Pais' imperdível, filme do ano. Te amo muito", escreveu o ator. A atriz também deixou um registro nas suas redes sociais. "Obrigada, Lais, você é demais! Que honra poder fazer uma mulher tão cheia de vida e amor, tão errada e certa, tão verdadeira e forte, frágil e de all star". Paulo Vilhena também escreveu: "O reconhecimento em forma de Kikito, que honra! Sempre disse que as premiações não fazem muito sentido, mas hoje entendi o que elas podem causar e significar e causou em mim uma sensação única de vaidade e reflexão".

Confira os vencedores do 45º Festival de Cinema de Gramado

LONGAS-METRAGENS BRASILEIROS

Melhor Filme: "Como Nossos Pais", de Laís Bodanzky

Melhor Direção: Laís Bodanzky, por "Como Nossos Pais"

Melhor Atriz: Maria Ribeiro, por "Como Nossos Pais"

Melhor Ator: Paulo Vilhena, por "Como Nossos Pais"

Melhor Atriz Coadjuvante: Clarisse Abujamra, por "Como Nossos Pais"

Melhor Ator Coadjuvante: Marco Ricca, por "As Duas Irenes"

Melhor Roteiro: Fábio Meira, por "As Duas Irenes"

Melhor Fotografia: Fabrício Tadeu, por "O Matador"

Melhor Montagem: Rodrigo Menecucci, por "Como Nossos Pais"

Melhor Trilha Musical: Ed Côrtes, por "O Matador"

Melhor Direção de Arte: Fernanda Carlucci, por "As Duas Irenes"

Melhor Desenho de Som: Augusto Stern e Fernando Efron, por "Bio"

Melhor Filme - Júri Popular: "Bio", de Carlos Gerbase

Melhor Filme - Júri da Crítica: "As Duas Irenes", de Fabio Meira

Prêmio Especial do Júri: Carlos Gerbase, pela direção dos 39 atores e atrizes em "Bio"

Prêmio Especial do Júri – Troféu Cidade de Gramado: Paulo Betti e Eliane Giardini, pela contribuição à arte dramática no teatro, televisão e cinema brasileiros

LONGAS-METRAGENS ESTRANGEIROS

Melhor Filme: "Sinfonia Para Ana", de Virna Molina e Ernesto Ardito

Melhor Direção: Federico Godfrid, por "Pinamar"

Melhor Atriz: Katerina D'Onofrio, por "La Ultima Tarde"

Melhor Ator: Juan Grandinetti e Agustín Pardella, por "Pinamar"

Melhor Roteiro: Joel Calero, por "La Ultima Tarde"

Melhor Fotografia: Fernando Molina, por "Sinfonia Para Ana"

Melhor Filme - Júri Popular: "Mirando al Cielo", de Guzman García

Melhor Filme - Júri da Crítica: "Pinamar", de Federico Godfrid

Prêmio Especial do Júri: "Los Niños", de Maite Alberdi

CURTAS-METRAGENS BRASILEIROS

Melhor Filme: "A Gis", de Thiago Carvalhaes

Melhor Direção: Calí dos Anjos, por "Tailor"

Melhor Atriz: Sofia Brandão, por "O Espírito do Bosque"

Melhor Ator: Nando Cunha, por "Telentrega"

Melhor Roteiro: Carolina Markowicz, por "Postergados"

Melhor Fotografia: Pedro Rocha, por "Telentrega"

Melhor Montagem: Beatriz Pomar, por "A Gis"

Melhor Trilha Musical: Dênio de Paula, por "O Violeiro Fantasma"

Melhor Direção de Arte: Wesley Rodrigues, por "O Violeiro Fantasma"

Melhor Desenho de Som: Fernando Henna e Daniel Turini, por "Caminho dos Gigantes"

Melhor Filme - Júri Popular: "A Gis", de Thiago Carvalhaes

Melhor Filme - Júri da Crítica: "O Quebra-Cabeça de Sara", de Allan Ribeiro

Prêmio Canada 150 de Jovens Cineastas: Calí dos Anjos ("Tailor")

Prêmio Canal Brasil de Curtas: "O Quebra-Cabeça de Sara", de Allan Ribeiro

Prêmio Especial do Júri: "Cabelo Bom", de Swahili Vidal e Claudia Alves

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.