Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Órfãos da Terra
Novela Verão 90
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Jezabel
Novela Bom Sucesso
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
BBB19
Mais Você
Encontro com Fátima
Caldeirão do Huck
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Jornalista Paulo Henrique Amorim morre aos 76 anos e famosos lamentam:'Tristeza'

Compartilhe no Facebook
Paulo Henrique Amorim morreu aos 76 anos, no Rio de Janeiro, vítima de infarto fulminante. Jornalista era contratado da Record TV desde 2003 e havia deixado o 'Domingo Espetacular', atração que comandava há 14 anos, no final do mês. Ao longo da carreira, Paulo Henrique, dono do blog 'Conversa Afiada', passou por revistas como Manchete e emissoras como Globo, Band e Cultura

Mais uma baixa para o jornalismo: o jornalista Paulo Henrique Amorim morreu aos 76 anos, no Rio de Janeiro, nesta quarta-feira (10) vítima de infarto fulminante. No final do mês passado, o apresentador havia deixado o "Domingo Espetacular", programa que comandava desde 2005, dois anos após chegar à Record TV. No seu currículo, Paulo Henrique apresentou ainda, no final dos anos 1990, o "Jornal da Band", também comandado por Ricardo Boechat, vítima de um acidente de helicóptero em fevereiro. A morte foi lamentada por Ana Hickmann, que o chamou de "mestre".

Paulo Henrique também passou pela Globo e Manchete

A carreira do jornalista começou no extinto jornal "A Noite", no começo da década de 1960. Em seguida, como correspondente internacional passou pelas revistas "Realidade" e "Veja" e pelo "Jornal do Brasil". Nascido em 22 de fevereiro de 1943, no Rio de Janeiro, Paulo Henrique dos Santos Amorim cobriu diversos fatos históricos como a renúncia do presidente Jânio Quadros (1961). Na televisão, integrou as equipes das TVs Globo e Manchete. Na Band, comandou ainda o programa "Fogo Cruzado". Em seguida, foi para a TV Cultura e esteve à frente do "Conversa Afiada", nome do blog que mantinha. Já em 2003, o jornalista chegou na Record TV. Na emissora paulista, o dono de bordões como "Olá, tudo bem!" apresentou o "Jornal da Record" e a revista eletrônica "Tudo a Ver". Em 2013, Paulo Henrique foi condenado por ofender o também jornalista Heraldo Pereira. Colaborador da CNN passou também pelos portais Terra, UOL e IG, e escreveu três livros.

Ticiane Pinheiro lamentou morte de Paulo Henrique: 'Grande jornalista'

Assim que a morte do apresentador foi confirmada, vários famosos lamentaram seu falecimento. "Grande jornalista. Força para toda a família", escreveu Ticiane Pinheiro, sua colega de emissora. "Acordar e dar de cara com uma notícia dessas foi um baque! Que tristeza! Deus o tenha", lamentou Sonia Abrão. "Um jornalista polêmico! Um profissional que influenciou gerações... Perde a família, a Record e a democracia brasileira, cada vez mais carente de posicionamentos corajosos como ele sempre adotou!", escreveu o apresentador da emissora paulista Giuliano Marcos.

Recorde outras mortes ocorridas ao longo de 2019

A morte de Paulo Henrique ocorre quatro dias após o falecimento de João Gilberto. O criador da Bossa Nova teve sua morte lamentada por Carolina Dieckmann. No início de 2019, um acidente de carro matou o ator Caio Junqueira. Dias depois, Wagner Montes perdeu a vida após longo período de internação. Há pouco mais de um mês, Gabriel Diniz faleceu após acidente aéreo.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.