Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos stories
BBB 21
Sertanejo
Namoro
Casamento
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela A Vida da Gente
Novela Gênesis
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela A Viagem
Resumo de novelas
TV
BBB21
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
BBB 21
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Covid-19 fez Romana Novais ter parto prematuro: 'Desencadeei uma trombose na placenta'

Romana Novais revelou em entrevista à Thais Fersoza que o parto prematuro da filha, Raika, foi em decorrência da covid-19. A médica testou positivo para a doença uma semana antes do nascimento da bebê: 'Sentia muita dor na barriga, e parecia contração de parto. No meu caso, desencadeei uma trombose na placenta'

Romana Novais recordou o parto de risco da filha, Raika. Em entrevista ao canal de Thais Fersoza, a mulher de Alok explicou a decisão de não recorrer a cesárea por ter perdido muito sangue. A influenciadora precisou dar à luz de forma prematura em decorrência de um distúrbio de coagulação e da covid-19.

"No caso da Raika, o parto foi normal porque precisava ser. Descobri que estava com Covid-19 menos de uma semana antes dela nascer. Eu tive sintomas. Tive febre, muita dor no corpo e dor de cabeça. Sentia muita dor na barriga, e parecia contração de parto. No meu caso, desencadeei uma trombose na placenta, e isso deixou o ambiente desconfortável para a Raika", explicou.

'Eu estava sangrando muito antes do parto', lembra médica

Também mãe de Ravi, de 1 ano, a médica disse ainda que perdeu muito sangue:

"Não tive muita escolha, tinha que ser normal. Se a gente optasse por uma cesárea naquele momento, talvez complicasse muito mais o quadro, o meu e o dela. Como eu estava com infeccção, se a gente optasse pela via vaginal poderia piorar toda a situação. Cesárea sangra um pouco mais, e eu já estava sangrando bastante. O importante era a gente tentar cessar esse sangramento o quanto antes, porque eu já estava sangrando muito antes do parto".

1º encontro de mãe e filha aconteceu 13 dias após parto

Agora com dois meses de vida, Raika só teve o primeiro encontro com Romana Novais quase duas semanas depois de seu nascimento e cura da médica contra a covid-19.

"Orei incansavelmente para te ter no meu colo, filha. Enquanto você estava na UTI mamãe passava noites planejando como seria nosso reencontro porque eu tinha muita fé de que Deus me concederia essa benção (...) Um dia antes do nosso encontro eu não consegui dormir. Estava muito ansiosa. Treze dias depois do seu nascimento finalmente eu pude te pegar no colo e te conhecer. Até então só tinha visto você por alguns minutos no parto. Foi tão emocionante te observar dormir no meu peito e admirar os detalhes do seu rostinho... Mamãe sentia borboletas no estômago", disse Romana em carta emocionante.

A pequena deixou a UTI poucos dias depois ao ganhar alta hospitalar e comemorou seu primeiro Natal em família. Ao ter o rosto revelado pela primeira vez, internautas apontaram semelhança de Raika com o irmão mais velho, Ravi.

(Por Rahabe Barros)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.