Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Bom Sucesso
Novela Éramos Seis
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Amor de Mãe
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza e estilo PB valendo 27/08/19
Cabelo
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

Tony Ramos comemora 50 anos de carreira e conta o personagem que sonha fazer

Tony Ramos comemora 50 anos de carreira e falou, em entrevista ao "Fantástico " deste domingo (13), que sonha em fazer um maestro de música erudita ao fazer um balanço de sua carreira.

"Talvez tenha consciência de uma coisa: eu sou muito transparente daquilo que eu quero do meu trabalho, e o público percebe. Eu gosto de ser surpreendido pelos projetos. Eu um dia pensei em fazer um maestro de música erudita, que dirigisse uma grande sinfônica", disse o ator para Renata Vasconcelos.

Tony Ramos falou também a novela das onze "O Rebu ", que estreia nesta segunda-feira (14), na Globo, mas que teve sua versão inicial há 40 anos.

"Ela continua diferente no fato de se passar toda ela numa única noite e na madrugada e na manhã subsequentes, que é quando chega polícia para fazer a investigação. Na original, você só sabia ao final. Aqui mantem-se o 'quem matou?' no último capítulo, mas 'quem morreu?' já no primeiro. Ao invés de cento e tantos capítulos da primeira versão, nós teremos apenas 36 enxutos capítulos. Portanto a ação e toda a comoção estarão concentradas nesses 36 capítulos", adiantou o ator.

Fã de futebol, Tony aproveitou para falar da Copa do Mundo e se manteve esperançoso para a próxima competição, na Rússia, em 2018:

"O que aconteceu foi de, fato, algo absolutamente atípico. Eu aposto agora que, se jogarmos mais cinco vezes com a mesma Alemanha, aliás, aplausos, que grande equipe, nós não vamos mais sofrer sete gols. Acho melhor a gente pensar de uma forma um pouco mais esperançosa, no sentido de que isso pode servir como uma sacudida, espero, no nosso futebol. Bola para frente. E daqui a quatro anos, é Rússia. Vamos nós!".

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.