Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela A Dona do Pedaço
Novela Bom Sucesso
Novela Éramos Seis
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Topíssima
Novela Amor de Mãe
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza e estilo PB valendo 27/08/19
Cabelo
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

O desfile de alta-costura da Dior é uma série de looks pretos nada básicos

Rolou nesta segunda-feira (1º de julho de 2019) o desfile de alta-costura da Dior, que faz parte da Semana de Moda de Alta-Costura de Paris. O show, que foi apresentado quase todo em looks pretos, revela a preciosidade e todos os detalhes das criações da grife. A primeira fila contou com presenças de personalidades da moda e do cinema, como Elisabeth Moss, Gal Gadot e a brasileira Camila Queiroz

Aconteceu nesta segunda-feira (1 de julho de 2019) o desfile da coleção de Alta-Costura da Dior, em Paris. O evento contou com a presença da atriz e modelo brasileira Camila Queiroz, no ar na novela das 19h da TV Globo, além de personalidades internacionais como Elizabeth Moss e a Mulher Maravilha Gal Gadot, por exemplo. A grife, sob direção criativa da designer italiana Maria Grazia Chiuri, apresentou uma coleção basicamente formada por looks pretos. A sequência de looks pretos, aliás, já apareceu em desfiles recentes, como da multimarcas italiana Luisa Via Roma e nas passarelas internacionais em versões nada básicas.

O desfile foi quase todo de looks pretos

Voltando ao desfile da Dior, a escolha do preto para guiar a coleção não foi por acaso. O próprio Christian Dior considerava a cor a mais elegante. Ela é, também, o melhor tom para fazer com que o espectador volte toda a sua atenção para a construção das peças. Os detalhes. E é isso que grife e designer (Chiuri) fazem melhor. Peças preciosas. Com o desfile, que aconteceu no endereço mais tradicional da maison em Paris, Chiuri quis homenagear a alta-costura como arte, a história da Dior e as figuras femininas presentes na arquitetura dos prédios de Paris.

A cor faz o olhar se voltar para os detalhes das peças

Para além da sofisticação das referências da coleção, o desfile quer mesmo revelar os detalhes, as estruturas dos vestidos e peças em alfaiataria, a forma como são construídas e as texturas necessárias para isso. Textura, aliás, é o que não falta na coleção, que traz desde cortes mais pesados (como as peças em alfaiataria) ao tule mais leve. No meio desse caminho há bordados, rendas e brocados, em muitas camadas, revelando assim o processo para se chegar àquele resultado.

O styling faz as produções ficarem ainda mais interessantes

O styling do desfile é pontuado por interferências como redes e meias-arrastão (já aprendeu a usar a meia-calça no inverno?) sob as roupas, boinas com voilette e uma maquiagem feita em nuances de preto (será que o olhão de festa está de volta?). Além disso, chama a atenção o fato de a grife não presentar em sua passarela sapatos ou sandálias de salto alto. No desfile aparecem apenas sandálias rasteiras e scarpins de salto Sabrina. Confira na nossa galeria alguns dos pontos altos da apresentação, que marcou o segundo dia da semana de moda de Alta-Costura.

(por Deborah Couto)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.