Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Malhação - Viva a Diferença
Novela Totalmente Demais
Novela Êta Mundo Bom!
Novela Novo Mundo
Novela Fina Estampa
As Aventuras de Poliana
Novela Amor Sem Igual
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Amor de Mãe
Novela Nos Tempos do Imperador
Resumo de novelas
TV
BBB20
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Woody Allen se defende das acusações de abuso: 'É claro que não a molestei'

Woody Allen publicou uma longa carta para se defender das acusações de abuso sexual contra sua filha adotiva Dylan Farrow. O cineasta fez questão de divulgar o comunicado no jornal "The New York Times", o mesmo que a jovem fez a denúncia. Em carta aberta, ele acusou Mia Farrow de ter influenciado Dylan quando ela ainda era criança.

O cineasta finalmente se pronunciou após as graves acusações que recebeu. No dia 12 de janeiro, Woody Allen foi homenageado na última edição do Globo de Ouro, e teve que lidar com a ironia da ex companheira Mia Farrow, e do filho Ronan, no Twitter. "Perdi o tributo a Woody Allen. Eles colocaram a parte em que uma mulher afirma publicamente ter sido molestada por ele, aos 7 anos, antes ou depois de 'Noivo Neurótico, Noiva Nervosa'?", escreveu o rapaz de 26 anos na rede social.

"Eu não molestei Dylan. Eu a amava e espero que um dia ela entenda como foi impedida de ter um pai amoroso, e explorada por uma mãe mais interessada em sua própria raiva do que na felicidade da filha", escreveu Allen acusando Mia por influenciar a própria filha contra o pai.

Para concluir sua defesa, o diretor fez questão de deixar claro que é a favor de que as pessoas que sofreram violência sexual se manifestem: "Ninguém quer desencorajar as vítimas de abuso a falar, mas é preciso saber que, às vezes, há pessoas que são falsamente acusadas e isso é terrível", explicou.

Dylan, de 28 anos, acusou o premiado diretor de ter abusado sexualmente dela quando ainda tinha sete anos. Com detalhes, ela afirmou que o ato foi no sótão da casa em que moravam, e que ela teria avisado à mãe em seguida. Moses, adotado por Mia e Allen, saiu em defesa do pai afirmando que a irmã foi coagida pela mãe.

Mia e Woody namoraram por doze anos, e terminaram em 92, quando a atriz descobriu que o diretor tinha um caso com a sua filha adotiva, Soon–Yi Previn. Foi também nessa época que o artista foi acusado pela primeira vez por molestar Dylan, com sete anos na época. O caso foi investigado mas foi arquivado por não conseguirem provas contra Allen. Ele e a sul coreana filha de Mia são casados até hoje.

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.