Crime bárbaro em família: polícia abre importante investigação no caso do adolescente que matou os pais e a irmã após castigo
Publicado em 21 de maio de 2024 08:37
Por Guilherme Guidorizzi | Notícias da TV, novelas e famosos
Escreve sobre novelas e entrevista o elenco para trazer as novidades dos próximos capítulos. Produz conteúdos sobre famosos e TV.
A polícia civil de SP enviou para perícia computador e celular do adolescente de 16 anos que confessou ter matado a mãe, o pai e a irmã
Crime em família: polícia abre linha de investigação no caso do adolescente que matou os pais e a irmã Crime em família: adolescente matou os pais e a irmã após ser castigado, ficando sem o celular, admitiu à polícia Crime em família: polícia investiga se adolescente que matou os pais e a irmã agiu por conta própria ou foi influenciado por terceiros Crime em família: adolescente foi à academia e à padaria após matar a mãe, o pai e a irmã Crime em família: adolescente ficou dois dias convivendo com os corpos dos pais e da irmã, afirmou à polícia
Veja todas as fotos
Veja + após o anúncio

A polícia civil de São Paulo está investigando se o adolescente de 16 anos que matou os próprios pais e a irmã agiu sozinho ou não. O rapaz foi detido na madrugada de segunda-feira (20) após ligar para a polícia e confessar o triplo homicídio. Em depoimento, o assassino não se mostrou arrependimento, afirmou ter cometido os crimes após ter tido o celular retirado pelos pais como castigo e contou que convivido com os cadáveres por dois dias.

Os corpos já foram encontrados em estado de decomposição, e o filho das vítimas foi encaminhado para a Fundação Casa. O delegado Roberto Afonso, do 33º DP de Pirituba, revelou ao "Cidade Alerta" (Record) que além do telefone móvel foi encaminhado à perícia o computador do jovem, que não teve o nome divulgado.

Há a hipótese do rapaz ter sido influenciado por terceiros a tirar a vida dos próprios pais, cujas fotos viralizaram na web. "Vamos ver se havia algum interlocutor com ele no telefone, razão pela qual ele se sentiu muito frustrado quando os pais recolheram o aparelho de telefonia móvel dele. Precisamos entender se essa frustração foi relacionada a algum tipo de transtorno ou se houve uma problemática de terceiro envolvido", relatou.

Família morta pelo filho morava há pouco tempo na casa palco da tragédia

Isac era Guarda Civil em Jundiaí (distante cerca de 70km da capital) e o filho contou que sabia onde o pai guardava a pistola. Ele afirmou ainda ter matado primeiro o pai e depois a irmã, que foi atraída pelo barulho do disparo.

Em seguida, se dirigiu a uma academia, retornou, aguardou pelo regresso da mãe e lhe matou, ficando em suas costas uma faca na sequência. O jovem também chegou a comprar pão em uma academia após o terceiro assassinato.

De acordo com vizinhos, a reservada família se mudou a menos de dois anos para a casa local da tragédia e que dava para se escutar brigas de forma constante. Assim como a sobrinha do "tio Paulo", homem levado morto ao banco para sacar empréstimo, o assassino pode responder por vilipêndio de cadáver, ou seja quando não se trata com o devido respeito.

1/8
Crime em família: polícia abre linha de investigação no caso do adolescente que matou os pais e a irmã © Reprodução, TV Globo
Crime em família: polícia abre linha de investigação no caso do adolescente que matou os pais e a irmã
Veja + após o anúncio
2/8
Crime em família: adolescente matou os pais e a irmã após ser castigado, ficando sem o celular, admitiu à polícia © Reprodução, TV Globo
Crime em família: adolescente matou os pais e a irmã após ser castigado, ficando sem o celular, admitiu à polícia
3/8
Crime em família: polícia investiga se adolescente que matou os pais e a irmã agiu por conta própria ou foi influenciado por terceiros © Reprodução, Record
Crime em família: polícia investiga se adolescente que matou os pais e a irmã agiu por conta própria ou foi influenciado por terceiros
Veja + após o anúncio
4/8
Crime em família: adolescente foi à academia e à padaria após matar a mãe, o pai e a irmã © Reprodução, Facebook
Crime em família: adolescente foi à academia e à padaria após matar a mãe, o pai e a irmã
5/8
Crime em família: adolescente ficou dois dias convivendo com os corpos dos pais e da irmã, afirmou à polícia © Reprodução, Record
Crime em família: adolescente ficou dois dias convivendo com os corpos dos pais e da irmã, afirmou à polícia
Veja + após o anúncio
6/8
Crime em família: adolescente confessou o triplo homicídio e agora está na Fundação Casa © Reprodução, TV Globo
Crime em família: adolescente confessou o triplo homicídio e agora está na Fundação Casa
7/8
Crime em família: adolescente chegou a fincar faca na mãe após lhe matar © Reprodução, TV Globo
Crime em família: adolescente chegou a fincar faca na mãe após lhe matar
8/8
Família morta pelo filho morava há menos de dois anos no local, segundo vizinhos © Reprodução, TV Globo
Família morta pelo filho morava há menos de dois anos no local, segundo vizinhos
Palavras-chave
Polícia Justiça Principais notícias
Sobre o mesmo tema
Meu Deus! Após ter celular retirado em castigo, adolescente mata mãe, pai e irmã; jovem foi à padaria e à academia após crime
Meu Deus! Após ter celular retirado em castigo, adolescente mata mãe, pai e irmã; jovem foi à padaria e à academia após crime
20 de maio de 2024
Da premeditação à confissão macabra: veja a cronologia do caso do adolescente que matou pai, mãe e irmã após ficar sem celular
Da premeditação à confissão macabra: veja a cronologia do caso do adolescente que matou pai, mãe e irmã após ficar sem celular
20 de maio de 2024
Adriana Bombom passa mal após irmã gêmea ser encontrada morta; tragédia aconteceu em data importante para a família
Adriana Bombom passa mal após irmã gêmea ser encontrada morta; tragédia aconteceu em data importante para a família
4 de julho de 2024
Após matar a família, adolescente fingiu ser o pai no WhatsApp e inventou justificativa inacreditável para faltar o trabalho
Após matar a família, adolescente fingiu ser o pai no WhatsApp e inventou justificativa inacreditável para faltar o trabalho
22 de maio de 2024
Notícias similares
Da premeditação à confissão macabra: veja a cronologia do caso do adolescente que matou pai, mãe e irmã após ficar sem celular
Da premeditação à confissão macabra: veja a cronologia do caso do adolescente que matou pai, mãe e irmã após ficar sem celular
20 de maio de 2024
Presa, sobrinha de 'tio Paulo', homem morto no banco há uma semana, tem forte detalhe revelado durante depoimento à polícia
Presa, sobrinha de 'tio Paulo', homem morto no banco há uma semana, tem forte detalhe revelado durante depoimento à polícia
23 de abril de 2024
Meu Deus! Após ter celular retirado em castigo, adolescente mata mãe, pai e irmã; jovem foi à padaria e à academia após crime
Meu Deus! Após ter celular retirado em castigo, adolescente mata mãe, pai e irmã; jovem foi à padaria e à academia após crime
20 de maio de 2024
Últimas Notícias
Últimas Notícias