Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos Web Stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela A Vida da Gente
Novela Gênesis
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela A Viagem
Resumo de novelas
TV
Power Couple
BBB21
Domingão do Faustão
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Juliette
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Dieta

Filha de Carol Bittencourt faz relato após morte da mãe completar 2 anos: 'Fui atrás de ajuda'

Isabelle Bittencourt, filha de Carol Bittencourt, gravou um relato em suas redes sociais às vésperas do dia em que a morte da modelo completará 2 anos. Ela aponta ter passado por diversas fases do luto e procurado ajuda profissional e espiritual para lidar com a perda.

No dia 28 deste mês, a morte da modelo Carol Bittencourt vai completar dois anos. A paulistana faleceu aos 37 anos após cair de uma lancha em Ilhabela, cidade litorânea de São Paulo. Filha da artista, Isabelle Bittencourt compartilhou um relato sobre como lida com a perda em suas redes sociais. "Uma das perguntas que mais recebo no Instagram é sobre como superei e como consegui seguir adiante. Acho muito importante que pessoas que passam por situações parecidas consigam ter relatos de outras pessoas", contou a jovem.

A jovem de 19 anos explicou que, inicialmente, quis tomar à frente dos cuidados da família. "Meu instinto foi abraçar todo mundo que estava em volta. Minha avó que estava mal, meu avô e meu padrasto. Eu queria abraçar todas essas pessoas e trazer para perto. Tomei o papel de quem cuida e não de quem é cuidada. Naquele momento, eu precisava ser cuidada. Acabei tomando esse papel porque eu queria. Só que eu não tinha noção de como isso poderia me prejudicar futuramente", afirma Isabelle, responsável por organizar um bazar beneficente com roupas da mãe.

Isabelle aponta ter passado por fase de 'rebeldia'

Em seguida, Isabelle aponta ter vivido uma fase de "rebeldia". "Virei a típica adolescente rebelde. Deixei de acreditar em tudo. A primeira coisa que questionei e deixei de acreditar foi Deus. Para mim, não era possível Deus ter deixado aquilo acontecer comigo. Para mim, isso [a morte] era uma forma de me castigar e castigar a minha mãe. Eu achava muito injusto", indicou a jovem.

Segundo ela, um conselho de seu pai foi fundamental para ela mudar a perspectiva como encarava o acontecimento. "Foi aí que meu pai [Giba Ruiz Vieira] falou uma frase, que levo até hoje, e isso me deu o gatilho de procurar ajuda. Ele falou: 'Você não precisa acreditar em Deus, em Alá ou nesses nomes que as religiões dão. Mas você precisa ter fé. Se você tiver fé de que existe uma força maior, tudo vai fazer sentido'. Quando meu pai falou isso, (...) de que eu tinha que ter fé e acreditar em força maior, passei a falar: 'Tenho que me cuidar'. Fui atrás de psicólogos, psiquiatras e, na sequência, uma ajuda espiritual", disse.

Isabella não ver morte como despedida: 'Me conforta'

Desde então, a também modelo passou a lidar com a morte da mãe de outra forma. "Ela viveu tudo que tinha para viver. Ela viajou, casou, o que era o sonho dela, teve uma filha e muito sucesso. Teve uma carreira linda, por mais que estivesse acabando a faculdade. Creio que tudo isso são fatores que mostram que ela terminou a missão dela aqui, que estava evoluída espiritualmente e conseguiu ir para um plano superior", listou Isabelle.

A jovem ainda acrescentou: "Isso aqui é um grande campo de aprendizado, para o qual viemos para evoluir, acreditar e crescer. Acho que ela já tinha terminado a missão dela. Sei que vou reencontrá-la quando eu for evoluída o suficiente".

"Diariamente tento me lembrar dela. Trago a presença dela para que [tudo] fique mais leve e para que ela continue presente comigo. Não tentei esquecer o que aconteceu ou me esquecer dela para tentar superar. Trouxe ela para perto de mim", afirmou. Veja a seguir o relato completo!

(Por Marilise Gomes)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.