Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos Web Stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela Gênesis
Novela A Vida da Gente
Novela Pega Pega
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela A Viagem
Resumo de novelas
TV
Power Couple
Ilha Record
Domingão do Faustão
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Juliette
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta

Irmã do agressor de Ana Hickmann diz que morte foi injusta: 'Estava imobilizado'

'Estava transtornado sim, mas foi assassinado com crueldade e frieza', escreveu Elaine em seu perfil do Facebook

A família de Rodrigo Augusto de Pádua, fã de Ana Hickmann que provocou a tentativa de homicídio contra a apresentadora do "Hoje em Dia", ainda sem data para voltar à atração, segue lamentando a morte do rapaz e destaca como injusta. Segundo a irmã dele, Elaine de Pádua, Rodrigo "já estava imobilizado quando levou os tiros, os três pelas costas". As declarações foram postadas em sua conta do Facebook.

"Sinto muito pela apresentadora e sua família, sei que não foi fácil todo esse pesadelo, mas, por ela ser uma pessoa pública, estão nos crucificado e isso é injusto. Não estou aqui para defender ou isentar meu irmão da sua responsabilidade, ele não está mais entre nós para se defender. Estava transtornado sim, mas foi assassinado com crueldade e frieza", escreveu Elaine. "Eu acredito no Deus de justiça e amor e sei que a verdade vai aparecer, caso isso não aconteça eu acredito na lei divina, porque essa não falha jamais", acrescentou na mensagem.

Assim como sua mãe, Wanda Simões de Pádua, de 75 anos, ela afirma que Rodrigo só queria conversar com Ana Hickmann e não pretendia fazer algum mal à apresentadora. "Muitas contradições nos depoimentos e, como minha mãe mesma disse, ele só queria conversar e vê-la. Queria atenção de alguma forma. Não vamos esquecer que ele foi impulsionado pelo amor que tinha por ela, em seu mundo ele sofria muito com tudo isso", escreveu.

Entenda o caso

Ana Hickmann sofreu uma tentativa de homicídio no início da tarde do último sábado (21), em Belo Horizonte, Minas Gerais, onde ela estava para lançar sua nova coleção em parceria com a Rommanel. De acordo com a Polícia Militar da cidade, um fã da apresentadora teve um ataque de fúria e tentou atirar contra ela.

O cunhado da apresentadora, Gustavo Corrêa foi rendido pelo homem, identificado como Rodrigo Augusto de Pádua, de 30 anos, no corredor do nono andar do hotel Caesar Business, no bairro Belvedere. O objetivo do homem era que Ana gravasse um vídeo dizendo que era amante dele.

Chegando ao quarto, o fã mandou Ana, o marido dela, Alexandre, e a cunhada, Giovana Oliveira, ficarem de costas. Gustavo teria feito um movimento brusco e o homem atirou duas vezes contra Ana Hickmann. Ela conseguiu correr com a cunhada, que foi baleada no braço e no abdômen, mas que já passa bem. Em seguida, Gustavo foi atrás do suposto fã e conseguido desarmá-lo, atirando três vezes em legítima defesa contra o rapaz. Rodrigo morreu na hora.

(Por Rahabe Barros)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.