Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Amor de Mãe
Novela Bom Sucesso
Novela Éramos Seis
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Amor Sem Igual
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza e estilo PB valendo 27/08/19
Cabelo
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

O guia do peeling: dermato explica a técnica que rejuvenesce e cuida da pele

Compartilhe no Facebook
O peeling é um cuidado da pele que já virou queridinho entre os procedimentos - especialmente para tratar manchas, cicatrizes e linhas de expressão. Você sabe o que é? Qual substância escolher e quais cuidados tomar após a realização da técnica? Conhecer o básico sobre o processo é fundamental para chegar ao resultado esperado. E a dermatologista Karla Assed explica!

O peeling químico é um dos procedimentos estéticos mais requisitados para cuidar da pele e eliminar manchas, marcas de expressão ou cicatrizes. Isso porque a técnica envolve ácidos poderosos que podem ser usados para diferentes propósitos, de acordo com o objetivo de cada pessoa. A dermatologista Karla Assed explica o que é o processo, qual a substância ideal para sua pele e como cuidar do rosto após a realização da técnica. Confira!

O que é o peeling químico?

Segundo a dermatologista, o peeling químico "nada mais é que a aplicação de uma substância que proporciona descamação e renovação celular na pele". A técnica virou queridinha entre quem deseja melhorar a aparência do rosto por esfoliar e acelerar o surgimento de novas camadas de pele no local desejado, reduzindo manchas, cicatrizes e acne. O procedimento é um grande aliado do skincare quando o assunto é rejuvenescer a pele, já que envolve ácidos potentes em sua formulação, mas deve ser recomendado por especialistas e feito sob a orientação de um profissional da área.

Peeling: tipos e para que serve?

Não existe um peeling ideal: o objetivo final da pessoa e as necessidades da cada pele vão determinar o tipo ideal para o procedimento. Para tratar espinhas, por exemplo, a profissional recomenda uma opção com substâncias mais secativas como ácido glicólico e salicílico - e ainda é possível associar a fórmula com outros produtos desse tipo. Já para clarear a pele do rosto, o indicado é investir em ácidos como o retinoico e o glicólico junto com vitamina C, fazendo mesclas de peeling com a orientação de um profissional. Quem deseja prevenir o envelhecimento precoce da pele, por sua vez, deve apostar no ácido ferúlico: ele protege o rosto dos raios ultravioleta e estimula a produção de colágeno, evitando rugas, linhas de expressão e flacidez na região.

Filtro solar no pós-peeling

Independente do tipo de substância escolhida, a dermatologista destaca o passo mais importante para o sucesso do procedimento: evitar a exposição ao sol e abusar do filtro solar. "O peeling deixa a pele extremamente sensível, fina e vulnerável", explica. Com o rosto mais sensível, surge a necessidade de investir em proteção contra os raios solares e a claridade para evitar complicações no período posterior ao tratamento, como manchas e irritabilidade na pele. "Isso pode se tornar permanente e causar cicatrizes não desejadas", argumenta a profissional. Mas se engana quem pensa que o procedimento é proibido durante o verão: é só ter uma rotina de cuidados (com disciplina!) e evitar se expor ao sol até 15 dias após o processo.

(Por Bruna Vilar)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.