Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Malhação - Viva a Diferença
Novela Totalmente Demais
Novela Êta Mundo Bom!
Novela Novo Mundo
Novela Fina Estampa
As Aventuras de Poliana
Novela Amor Sem Igual
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Amor de Mãe
Novela Nos Tempos do Imperador
Resumo de novelas
TV
BBB20
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

SPFW cancelado! Evento de moda sofre alterações por causa de coronavírus

Compartilhe no Facebook
O São Paulo Fashion Week decidiu cancelar o evento que estava previsto para abril, diante do crescente número de casos de coronavírus, doença que está afetando pessoas por todo o mundo. Em nota, o SPFW anunciou que a medida é preventiva, com o objetivo preservar a saúde dos envolvidos, mas que a temporada de desfiles em outubro segue mantida no calendário de moda. Veja os detalhes!

Em comunicado oficial, divulgado no dia 12 de março, o São Paulo Fashion Week anunciou que a próxima edição do evento, prevista para abril, está cancelada. A medida foi tomada após a nova classificação de pandemia do coronavírus (COVID-19), que está se alastrando com rapidez ao redor do mundo e afetando diversos setores - incluindo a moda. A doença também já afetou famosos internacionais, como Tom Hanks, e brasileiros, como a influencer Gabriela Pugliesi e o cantor Di Ferrero, diagnosticados recentemente com o vírus.

SPFW planeja novas datas para o evento

Diante da pandemia do coronavírus, - que já afetou a programação da Globo - e com o objetivo de preservar a saúde e o bem-estar de todos os envolvidos, o São Paulo Fashion Week decidiu cancelar a próxima edição do evento, que estava prevista de 24 a 28 de abril. Em nota oficial para a imprensa, a semana de moda da capital paulista será replanejada, com novas datas a serem divulgadas. "Em função da nova classificação de pandemia do coronavírus (COVID-19), o São Paulo Fashion Week comunica o cancelamento dos desfiles previstos de 24 a 28 de abril. Diante do cenário atípico e visando preservar a saúde e bem estar de todos, a programação do Festival SPFW+ e a conferência internacional anunciada para o dia 27 de abril serão replanejadas", diz o comunicado oficial.

SPFW divulgou comunicado oficial para a imprensa avisando sobre o cancelamento do evento
SPFW divulgou comunicado oficial para a imprensa avisando sobre o cancelamento do evento

Este ano, SPFW comemora 25 anos e mantém desfiles no segundo semestre

A boa notícia é que, de acordo com a nota, os desfiles do segundo semestre, programados para meados de outubro, seguem mantidos até o momento. Este ano, inclusive, o evento comemora 25 anos, com a proposta de celebrar a criatividade e de ser mais que um evento de moda. Com o crescente número de casos de coronavírus em diferentes países, outros eventos e apresentações internacionais também precisaram ser cancelados e replanejados, para evitar novos registros da doença.

Coronavírus afeta indústria da moda por todo o mundo

Em virtude do coronavírus, grifes internacionais precisaram tomar atitudes preventivas em relação aos desfiles e apresentações pelo mundo. A Prada cancelou seu desfile Resort que aconteceria em Tóquio, em maio, seguida pela Gucci, Chanel e Ralph Lauren. Além de cancelar o desfile cruise, em Dubai, a Giorgio Armani exibiu online sua coleção de inverno na Semana de Moda de Milão. Todos esses cancelamentos, incluindo o do SPFW, mostram o impacto do coronavírus na indústria da moda, afetando as relações de negócios a nível global, em especial na China, onde a doença teve início e que representa um dos mais lucrativos mercado de moda atualmente. Algumas marcas, como Dolce & Gabbana, estão ajudando no financiamento de estudos e pesquisas sobre a doença.

(Por Marina Couto)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.