Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos Web Stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela A Vida da Gente
Novela Gênesis
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela A Viagem
Resumo de novelas
TV
Power Couple
BBB21
Domingão do Faustão
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Juliette
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Dieta

Mãe de Paulo Gustavo revela coincidência sobre morte do ator e surpreende a web. Saiba!

Mãe de Paulo Gustavo, Déa Lúcia do Amaral, falou sobre a morte precoce do filho e surpreendeu a web ao revelar um detalhe curioso. Saiba mais!

Paulo Gustavo morreu na última semana vítima de complicações da Covid-19, aos 42 anos de idade, pouco depois do último boletim médico do hospital Copa Star, onde o ator ficou internado por mais de 50 dias, afirmar que o estado de saúde dele era irreversível.

Em entrevista ao "Fantástico", deste domingo (09), Déa Lúcia do Amaral, mãe de Paulo Gustavo, lembrou o momento de despedida do filho. Segundo Déa, a família foi chamada ao hospital quando o artista, cremado em um cemitério de Niterói, teve morte cerebral confirmada.

"Eu segurei em uma mão dele, a Ju [Amaral, irmã do ator] na outra, o Thales [Bretas] no pé, o Julio [pai de Paulo Gustavo] ficou fazendo carinho na cabeça. Aí eu chamei a Penha [madrasta] para segurar na mão dele comigo porque ela também participou da vida dele. Aí cantamos a oração de São Francisco, que ele sempre pedia para cantar", contou. E Julio completou: "Os batimentos cardíacos começaram a diminuir [durante a música] e pararam. Aí fechamos a cortina e fomos embora".

Mãe de Paulo Gustavo revela detalhe curioso sobre dia da morte

Déa Lúcia relembrou o início da carreira de ator do filho, cujo tratamento contra a Covid-19 custou mais de R$ 1 milhão. "Ele falou que ia escrever uma peça, ficar rico. Eu perguntei: 'Você foi expulso de duas escolas e vai escrever uma peça?'. Eu achei que não ia dar certo, mas essa mãe [do sucesso 'Minha mãe é uma Peça'] sou eu, a avó, todas as mães da família, que são fortes", contou.

E surpreendeu ao revelar um detalhe curioso sobre o dia em que Paulo Gustavo morreu. "Meu filho passou [pela vida] como um cometa. Ele estreou [como ator] num dia 4 de maio às 21h e morreu num dia 4 de maio às 21h12. Ele começou um ciclo e terminou o ciclo [no mesmo dia]. Tudo dele é muito incrível", afirmou.

Apesar de toda a dor pela perda do filho, Déa Lúcia sorriu ao falar de Paulo Gustavo: "Não estou bem, mas eu sou capaz de rir. Eu, quando falo dele, eu conto as coisas, eu rio, porque ele detestava quando eu chorava. Ele dizia: 'lá vem mamãe'. Então, eu tenho que ter força". E completou: "Eu falo dele eu rio. Nada dele pode ser muito sério a não ser a dor da saudade".

Mãe de Paulo Gustavo dispara contra corrupção

Déa Lucia saiu do sério quando falou sobre as mortes nessa pandemia do Coronavírus. "A cada morte de um filho [por causa da pandemia] eu chorava por essa mãe, sem saber que meu filho ia passar por isso", lamentou. E disparou: "A corrupção mata! Roubar na pandemia é assassinato! Essa luta vai ser minha. Eu vou falar isso o tempo todo. Desculpa meu desabafo".

A mãe do artista assumiu que, daqui pra frente, vai se apegar em Gael e Romeu, de 1 ano, filhos de Paulo Gustavo com Thales Bretas. E mostrou bom humor ao falar do marido do filho: "Thales vai ter que dividir eles com a gente de qualquer maneira. Thales é magrinho, eu dou uma chave de braço nele e fico com os dois".

Ao lado da mãe, Ju Amaral, que pediu orações para o irmão enquanto ele esteve internado, falou, aos prantos, sobre o como está após a morte do artista. "Eu fico assim [chorando] 24 horas por dia. Nós éramos colados, ele é minha metade, meu melhor amigo", afirmou. E lamentou: "A minha mãe é uma rocha. Eu deveria estar consolando ela, mas ela é que faz isso por mim".

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.