Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Malhação - Viva a Diferença
Novela Haja Coração
Novela Laços de Família
Novela Flor do Caribe
Novela A Força do Querer
Novela Gênesis
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela Amor de Mãe
Resumo de novelas
TV
BBB21
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Verão 2020

Netinho canta cinco músicas em sua volta aos palcos, mas comemora: 'Uma vitória'

Compartilhe no Facebook
Ainda se recuperando de duas operações na cabeça, músico fez show em Recife (PE)

Netinho voltou aos palcos no final de semana, com show em Recife, Pernambuco, após mais de um ano e quatro meses. O cantor se afastou dos compromissos profissionais para se tratar de uma infecção no fígado seguida de três AVCs (Acidente Vascular Cerebral). "Estou tremendo. Parece que é o primeiro show", disse o músico em entrevista ao "Fantástico", exibida na noite deste domingo (30).

Ao iniciar sua apresentação, o intérprete de "Milla" festejou seu retorno aos palcos. "Que maravilha ver vocês todos. Que beleza! Obrigado por terem vindo", comemorou o artista de 49 anos, ainda magro e com a voz debilitada. Ainda se recuperando, só conseguiu cantar cinco músicas e o show prosseguiu com outro artista. Em conversa com a repórter Giuliana Girardi, Netinho contou que as doenças o deixaram com sequelas.

"Não tenho muita coisa que eu tinha. Meus movimentos como eram antes, minha força, minha voz, tudo. Mas a riqueza do que eu estou vivendo hoje é muito maior do que tudo isso", disse o cantor, não reconhecido por internautas quando deu entrevista ao programa em junho passado.

'Me sinto vitorioso', afirma o músico

O ex-integrante da banda Beijo foi questionado ainda como conseguiu sobreviver a seguidos problemas de saúde por dois anos. "Amor, energia positiva, desejo de ficar bom. Durante o período de hospital, eu vi muitos entrarem, junto comigo e depois de mim no hospital, e vi pouquíssimos saírem com vida. Então, eu me sinto um homem vitorioso", creditou.

E Netinho admitiu que o uso de substâncias contribuíram para lhe levar ao hospital. "Havia uma infecção gravíssima no meu fígado", recordou. "Eu usei anabolizantes em 2010. Aquilo causou uma infecção silenciosa no meu fígado", acrescentou. Em um dos períodos de internação, o músico foi operado duas vezes na cabeça. "Eu virei uma coisa na cama do hospital. Eu fui ao fim do túnel. Fui e voltei, várias vezes", relatou ele, que havia dividido o palco com Anitta no Rio de Janeiro, em abril de 2014.

"Foi um show lindo, magnífico, mas não pude continuar porque tava muito fraquinho. Muito debilitado", recordou o artista, vítima de um excesso de tontura. "Eu me desequilibrava e caia. Vomitava. Ficava muito tonto. Então eu pensei, essa tontura vai ser para o resto da minha vida, então não tem sentido. Viver deitado numa cama não tinha sentido mais", recordou.

'Tinha vontade de morrer', afirmou o artista

Ainda lembrando seu estado de saúde, ele admitiu que não via mais sentido em continuar vivo. "(Tinha vontade) de morrer mesmo. Parei de comer. Três dias", relembrou. A tontura o levou de volta para o hospital e lá foi operado no cérebro: "Depois dessa nova internação, eu entendi que a vida deve ser preservada de qualquer forma. É um presente único que a gente tem, não pode jogar fora. Desperdiçar".

Sete meses após deixar o hospital, Netinho vai, aos poucos, retomando a rotina. "Já corro, esse trote de leve na areia, bem pouquinho. No início, eu nem poderia virar a cabeça, como eu estou fazendo agora. Porque ficava tonto, vomitava, botava tudo para fora", disse o artista, que vem fazendo sessões com o fonoaudiólogo Ivan Alexandre Filho. "Com ele o trabalho é esse, de resgatar essa energia pela voz. Trabalhar a musculatura para ele ganhar força de novo, como ele tinha antigamente", explicou o profissional.

"Eu perdi a voz toda, 100% perdi a voz. Não falava nada quando eu acordei no hospital. Teve a intubação, que não foi uma só, foram várias. Teve também os AVCs, que relaxaram a língua para um lado, agora já está normal. Agora com os exercícios, com as aulas, estou recuperando tudo", finalizou.

(Por Guilherme Guidorizzi)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.