Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Amor de Mãe
Novela Bom Sucesso
Novela Éramos Seis
Malhação - Toda Forma de Amar
As Aventuras de Poliana
Novela Amor Sem Igual
Resumo de novelas
TV
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza e estilo PB valendo 27/08/19
Cabelo
Make
Moda
Dieta & Saúde
Beleza & Estética
Especial Arezzo valendo

Neymar tem imóveis bloqueados pela Justiça em processo de sonegação fiscal

Compartilhe no Facebook
Neymar está enfrentando mais um problema na Justiça. Além da acusação de estupro e estar sendo investigado pela divulgação de imagens íntimas de Najila Trindade, o jogador teve 36 imóveis bloqueados pela Justiça Brasileira, entre eles, duas mansões de luxo no Guarujá, litoral de SP. O bloqueio é pelo processo de sonegação fiscal na venda do jogador para o Barcelona. Entenda!

Após ser acusado de estupro por Najila Trindade, estar enfrentando um processo pela divulgação de imagens íntimas da moça e ter sofrido uma lesão, Neymar teve 36 imóveis bloqueados pela Justiça. O motivo do bloqueio é o processo de sonegação fiscal durante a saída do jogador do Santos para o Barcelona, na Espanha, em 2013, que visa recuperar os R$ 69 milhões não pagos pelo profissional. De acordo com o jornal "Folha de São Paulo", os imóveis estão tanto no nome do atacante, como no de seus familiares, amigos e de suas empresas, que também estão indisponíveis.

Mansões no Guarujá foram bloqueadas pela Justiça

As duas mansões "favoritas" do atleta estão entre os imóveis bloqueados pela Justiça. Localizadas no condomínio de luxo Jardim Acapulco, no Guarujá, litoral de São Paulo, juntas acumulam cerca de 3000 m² de área. Foram compradas em 2011, mesmo ano em que o pai de Lucca, que não tem frequentado a escola desde o processo de estupro, recebeu um adiantamento de 10 milhões de euros do clube espanhol. Na época, o valor pago pelas casas foi de R$ 7,4 milhões e, atualmente, o valor de mercado é R$ 14 milhões. Apesar de serem dois imóveis diferentes, ambas ficam uma ao lado da outra e são usadas por Neymar e seus familiares.

Outros 34 imóveis também foram bloqueados

Outros 34 imóveis do atleta estão bloqueados. Entre eles, um apartamento de 760 m² no bairro de Vila Mariana, em São Paulo, avaliado em R$ 15 milhões. O imóvel foi comprado em 2011 por R$ 6,1 milhões. Três propriedades também estão indisponíveis no litoral de Santa Catarina, em Itapema. Um, 470 m², foi obtido em 2013 por R$ 1,4 milhão. E os outros dois, foram adquiridos em 2016 por R$ 2,4 milhões cada um e possuem tamanhos iguais. O jogador que passou três horas depondo também teve outras casas e apartamentos de valores menores também foram bloqueadas nas cidades de São Paulo, Guarujá, Santos, Praia Grande e São Vicente.

Neymar enfrenta processo de sonegação fiscal

Os bloqueios dos imóveis não impedem que os mesmos continuem sendo utilizados por Neymar e seus familiares, mas sim, que sejam negociados. O processo de sonegação fiscal foi registrado quando o Barcelona fez parcelas de 40 milhões de euros entre os anos de 2011, 2013 e 2014 à empresa do pai do atleta. O que a Justiça alega é que esses valores foram destinados ao jogador e foram pagas à empresa pelos impostos serem menores. O imposto para pessoa jurídica é de 17%, na época, enquanto o para pessoa física é de 27,5%.

(Por Pyetra Santos)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.