Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos Web Stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela A Vida da Gente
Novela Gênesis
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela A Viagem
Resumo de novelas
TV
Power Couple
BBB21
Domingão do Faustão
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Juliette
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Dieta

'Gênesis' traz Giovana Echeverria de volta às novelas após 3 anos: 'Kiria é amorosa com o rei'

Revelada em 2010 em 'Malhação', Giovana Echeverria está de volta à TV como a rainha Kiria. Ao Purepeople, atriz aponta relação de afeto da soberana com o rei Ibbi-Sim (Felipe Roque), recorda papel no filme 'Teu Mundo Não Cabe Nos Meus Olhos' e do desafio de educar o filho, de 3 anos

"Gênesis" marca a volta às novelas de Giovana Echeverria como a rainha Kiria, atual mulher de Ibbi-Sim (Felipe Roque), soberano que terá um fim trágico nos próximos capítulos da trama bíblica. No currículo, a atriz gaúcha acumula papéis de destaque como a Nanda de "Malhação ID" (2010), a Grace de "Vidas em Jogo" (2011) e a Vanessa, jovem que teve vídeo íntimo exposto na série "Justiça" (2016). "A Kiria é muito inteligente, mas no lugar do afeto, ela não é estratégica, ela é afetuosa, resiliente e amorosa com o rei", define ao Purepeople.

"E ela tem muitas características que eu admiro bastante. A Kiria transparece tranquilidade e serenidade", completa, ressaltando não saber indicar se existem pontos que a ligam com a atual soberana de Ur. Isso porque na história Ibbi-Sim já foi casado com Enlila (Maria Joana), porém mandou a mulher para a forca ao descobrir seus crimes.

"Acho que o perfil das duas rainhas são opostos complementares, tenho a sensação que se não fosse a ambição de Enlila ela teria sido a grande aliada do rei, uma mulher muito inteligente capaz de vencer grandes batalhas com sua capacidade estratégica", aponta.

'Gênesis' marca estreia de Giovana em novelas bíblicas

E além do retorno para a TV após três anos, o papel marca sua estreia em tramas bíblicas, no folhetim que reúne mais de 250 atores espalhados por sete fases e que está prestes a iniciar sua quinta etapa, Abraão. "É um prazer participar de um enredo bíblico, acho que a Bíblia para além da interpretação religiosa, merece o devido respeito pelo potencial dramatúrgico e fictício que ela exerce, além de ser um dos livros mais antigos da humanidade", defende.

E nesse primeiro personagem oriundo do Livro Sagrado, Giovana negou ter encontrado alguma dificuldade com o texto. "Mas um pouco em entender as motivações e o tom da personagem, só que tudo ficou mais leve e fácil por contar com a ajuda da nossa preparadora de elenco que esteve a disposição o tempo inteiro", pondera.

Mãe de menino, Giovana fala em 'desconstruir' machismo

Além da TV, a atriz se destacou também em "Teu Mundo não Cabe nos Meus Olhos", onde interpretou Alicia, filha de Soledad Villamil e Edson Celulari, que deu vida a um pizzaiolo deficiente visual. "Estar em cena com ela foi um grande aprendizado, quando assisti o 'Segredos dos Seus Olhos' (dirigido por José Campanella) e fiquei uma semana afetada", recorda.

"E a troca com o Edson também foi um grande ensino, ele é muito generoso, sensível e cuidadoso. Com certeza observar a concentração e dedicação dos dois foi um grande ensino", completa sobre o longa dirigido por Paulo Nascimento.

Ao mesmo tempo, Giovana exerce o papel de mãe de Ben, de 3 anos. "Com certeza está entre as minhas prioridades esse estudo fino que é a desconstrução do machismo, não só no meu filho mas em mim mesma. Rudolf Staneiner (educador e filósofo austríaco) diz que não existe educação sem autoeducação, e acredito que todos numa sociedade sentem os efeitos colaterais das estruturas de desigualdades", afirma.

Mãe coruja, a atriz tem nas brincadeiras com o filho o momento de lazer favorito, mas garante que impõe limites no menino. "Acredito que colocar limites é também um gesto de amor, eles que vão ajudar a criança a desenvolver a capacidade de suportar frustrações", finaliza.

(por Guilherme Guidorizzi)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.