Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos Web Stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela Gênesis
Novela Pega Pega
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela Verdades Secretas
Novela Verdades Secretas II
Novela Carinha de Anjo
Novela Pantanal
Novela Além da Ilusão
Novela Um Lugar ao Sol
Novela Quanto Mais Vida Melhor
Resumo de novelas
TV
A Fazenda 13
BBB22
Masterchef Brasil
Reality Show
Domingão com Huck
Caldeirão
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
The Masked Singer
Séries
Round 6
Cinema
Séries e filmes
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Virginia Fonseca
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gabi Martins
Andressa Suita
Cleo
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Paolla Oliveira
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta

Existe diferença entre acne no rosto e no corpo? Especialista responde!

Ter espinhas e cravos na fase adulta é o terror de muitas mulheres. Além de interferir no visual da pele, esses pontos inflamados podem provocar dor e surgir em diferentes regiões do corpo, como colo, costas e até mesmo bumbum! A solução é investir em tratamentos específicos e ter cuidado com substâncias que favorecem o aparecimento de espinhas. A dermatologista Karla Assed esclarece as dúvidas e te ajuda a solucionar o problema. Saiba mais!

O surgimento de cravos e espinhas está diretamente ligado à alta produção de óleo nas glândulas sebáceas. Além disso, o uso de hormônios, perda de colágeno ou até mesmo substâncias do dia a dia também podem influenciar, o que explica o fato de muitas mulheres apresentarem o problema já na fase adulta. E mais: as espinhas podem se manifestar em diferentes partes do corpo! Para solucionar esses incômodos, a dermatologista Karla Assed explica o melhor tratamento para cada caso. Confira!

O surgimento das espinhas não tem a ver só com a idade

É comum achar que as espinhas e os cravos só irão surgir na adolescência, quando os hormônios estão à flor da pele. No entanto, a principal causa para o surgimento da acne é a estimulação da glândula sebácea, que pode acontecer em qualquer idade. Além disso, segundo a dermatologista Karla Assed, quem tem espinhas no rosto não terá, obrigatoriamente, em outras áreas do corpo, porque as causas podem ser diferentes. "Pode ser estímulo hormonal devido à idade, uso de pílula anticoncepcional, ou por indução, que é quando o paciente usa substâncias que podem induzir a acne", explica. "Nos casos de acne no bumbum, é muito comum que a causa seja pelo excesso do uso de calça jeans ou de malha de ginástica e também pessoas que passam muito tempo sentadas".

É preciso identificar o tipo de pele para iniciar o tratamento

Para cuidar das espinhas de forma correta, é preciso procurar um profissional de confiança para que ele possa receitar produtos que estejam de acordo com o seu tipo de pele. "No caso de produtos manipulados, a composição, associação e concentração de substâncias vai depender do tipo de acne que a paciente apresenta", conta Karla. Produtos de farmácia e lasers também são alternativas para secar as espinhas e, em alguns casos, agem diretamente nas glândulas, diminuindo ou até mesmo impedindo a produção excessiva de óleo.

Pode tratar as espinhas do rosto da mesma forma que o corpo?

De acordo com a dermatologista, responsável por cuidar da pele da Angélica, Deborah Secco e de outras famosas, o tratamento das espinhas em outras partes do corpo pode ser o mesmo do rosto, mas é preciso ficar atenta. "O que acontece é que áreas como colo, tronco e bumbum têm contato com as roupas, e alguns dos cremes usados no tratamento acabam manchando a roupa. Gosto muito e recomendo o peróxido de benzoíla, mas dependendo da região do corpo não indico, para não manchar as roupa". Nestes casos, a especialista indica outros produtos, como sabonetes secativos, que podem conter ácido salicílico, enxofre e outros.

Confira os principais cuidados durante e depois do tratamento das espinhas

Independentemente do produto usado, o objetivo para o tratamento das espinhas é inibir a produção excessiva de óleo na pele. Para as peles mais inflamadas, é recomendado até mesmo o uso de antibiótico, devidamente receitado e administrado pelo profissional da área. A especialista reforça, porém, que, durante o tratamento ou depois, é preciso ter cuidado com substâncias ingeridas para não induzir a formação de novas espinhas, entre elas, complexo B, anticoncepcional em doses altas, aminoácidos e whey protein. Cada caso precisa ser avaliado com cuidado para avaliar os reais riscos.

(Por Marina Couto)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.