Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos Web Stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela A Vida da Gente
Novela Gênesis
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela A Viagem
Resumo de novelas
TV
Power Couple
BBB21
Domingão do Faustão
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Juliette
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Dieta

Apaixonada por vinho? Confira 8 mitos e verdades sobre a bebida!

Vinho, branco ou tinto: Qual é seu tipo de vinho favorito? A bebida ganha mais fãs e, com sua popularização, surgem perfuntas como 'qual a melhor forma de guardar o vinho?', 'A bebida fica, de fato, melhor com o tempo?'. Confira essas e outras curiosidades sobre o vinho na matéria a seguir!

A cada dia, o vinho conquista novas fãs: em diferentes tipos, rótulos e preços, a bebida está mais presente na vida das brasileiras. Além de ser ótimo para um jantar romântico, ele pode ser também sua companhia para um momento de autocuidado e skincare, porque não? O Purepeople apresenta, a seguir, alguns mitos e verdades sobre vinho para tirar dúvidas e matar algumas curiosidades recorrentes sobre a bebida!

1) Vinhos mais antigos são os melhores

Mito! Tal suposição ficou tão popular que virou até dito popular! Quem nunca ouviu que determinada coisa é "igual a vinho, melhora com o tempo? Pois é, parece que não é bem assim... Por ser uma bebida fermentada, ele tem uma alta capacidade de envelhecimento e alguns podem ficar anos guardados. No entanto, a maior parte dos rótulos tem durabilidade curta e não vão sofrer grandes alterações no paladar se ficarem anos guardados. Se a sua ideia é comprar a bebida para consumir daqui há alguns anos em uma ocasião especial, por exemplo, vale investir nos "vinhos de guarda", que equivalem a 10% do mercado da bebida.

2) Decantação melhora o vinho

Verdade! O decanter (ou decantador) parece uma jarra com pescoço alongado e, apesar de ser considerado "gourmet" por muitos, ele ajuda de fato a ressaltar o sabor da bebida. Isso porque ele favorece a oxigenação da bebida, intensificando as características de cada rótulo e deixando o álcool menos acentuado. Outra opção é investir em um aerador: menor do que o decanter, ele é fixado na ponta da garrafa e também melhora a oxigenação.

3) Vinho de várias uvas não é de qualidade

Mito! A quantidade de tipos de uvas usadas na fabricação não tem relação direta com a qualidade da bebida. Uma das regiões mais influentes no mercado de vinho, Bordeux, na França, aliás, ganhou fama mundial pela mistura de duas ou mais uvas nos rótulos. A qualidade da safra, a higiene na elaboração e as técnicas envolvidas em todo o processo são pontos mais importantes a se considerar.

4) Vinho rosé é resultado da mistura do tinto e branco

Verdade (com ressalvas!). Há dois tipos de fabricação possível para alcançar o tom rosé dos vinhos. Algumas marcas optam, de fato, por aliar os outros dois tipos. Outras - em sua maioria, vale destacar, fabricam o vinho rosé através da fermentação de uvas tintas com pouco contato com a casca. Nas primeiras horas, as cascas transferem um tom suave para o líquido e, em seguida, o enólogo as retira, para que o tom não se intensifique.

Diferentes qualidades de vinho são produzidas em todo o mundo
Diferentes qualidades de vinho são produzidas em todo o mundo

5) Vinho faz bem para a saúde

Verdade! Consumido nas proporções devidas, o vinho por ser sim uma aliada à saúde. Isso porque ele tem propriedades antioxidantes. O resveratrol, composto presente nas cascas e nas sementes, tem ação direta no envelhecimento precoce e ajuda a prevenir doenças cardiovasculares. Além deles, vinhos têm polifenóis - composto químico encontrado também em frutas silvestres - que apresentam outras vantagens para o organismo, como redução de inflamações e melhora da digestão. Ah, e uma dica! Quanto mais escuro, mais polifenóis. Dessa forma, o vinho tinto é o mais recomendado: especialistas recomendam o consumo de 1 a 2 copos de 125 ml por dia.

6) Vinho de rosca tem qualidade inferior

Mito! A rolha ou a tampa de rosca não tem ligação direta com a qualidade do produto - tratando-se de vinhos para consumo imediato (diferentes dos vinhos de guarda, que falamos no item 1, lembra?). A rolha de cortiça tem origem em uma árvore chamada sobreiro. Rolhas desse tipo começaram a ser usadas no século 14 e, com o passar dos anos, a espécie começou a ficar mais rara, o que encareceu os custos da rolha orgânica. Dessa forma, surgiram opções mais baratas, como as rolhas de material plástico e a rosca de metal.

7) Vinho precisa ser guardado em ambiente escuro

Verdade! A luminosidade tem ação direta no envelhecimento precoce da bebida, bem como o calor. Por isso, se você é fã da bebida, prefira guardar as garrafas em um local com temperatura próxima a 15°C e sem luz direta.

8) Vinho branco não pode ser feito com uvas tintas

Mito! É, sim, possível fabricar vinho branco com uvas tintas. Isso acontece quando elas são fermentadas sem a casca. Esse é o motivo de existir rótulos de vinho Malbec e Pinot Noir brancos. Por outro lado, algumas uvas - como a Alicante Bouschet, natural da França e cultivada também em Portugal, EUA e Itália - têm a polpa e o suco tintos.

(Por Marilise Gomes)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.