Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Namoro
Sertanejo
Últimos Web Stories
Famosos do esporte
Instagram dos famosos
Gravidez das famosas
Look de famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Pantanal
Novela Cara & Coragem
Novela Além da Ilusão
Novela Mar do Sertão
Novela O Cravo e a Rosa
Novela Poliana Moça
Novela Reis
Novela A Favorita
Resumo de novelas
Novela Será Isso Amor?
Novelas Mexicanas
Novelas Turcas
TV
A Fazenda 2022
Ilha Record
Masterchef Brasil
BBB 23
Reality Show
De Férias com o Ex
Casamento às Cegas
Domingão com Huck
Caldeirão
Mais Você
Encontro
Séries
Pacto Brutal
Filme 365 Dias
Cinema
Séries e filmes
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Virginia Fonseca
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Paolla Oliveira
Wanessa
Viviane Araujo
Marilia Mendonça
Jade Picon
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Casamento
Noivas
Looks para casamento
Make para casamento
Penteados para casamento
Inverno
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Beleza & Estética
Saúde e Bem-estar
Beleza Madura
Dieta
Astrologia
Coluna É Trend!
Home Últimas Notícias

Síndrome da Impostora: como identificar e enfrentar mal que atinge majoritariamente mulheres?

Síndrome da Impostora: como identificar e enfrentar mal que atinge majoritariamente mulheres?
Síndrome da Impostora: como identificar e enfrentar mal que atinge majoritariamente mulheres?
12 fotos
Mulheres são maiores vítimas da 'Síndrome da Impostora' em meio a aspectos estruturais e conjunturais. Especialista em terapia cognitivo-comportamental, a Dra. Marihá Lopes conta detalhes sobre um dos assuntos mais em alta no universo feminino.

Já teve a sensação de se olhar no espelho e se sentir uma fraude, especialmente depois de uma conquista importante na vida pessoal ou profissional? Ou ainda quando algo não dá muito certo nesses dois âmbitos? Viver atormentada por sentimentos de incapacidade e inferioridade é uma sensação relatada recentemente por personalidades nacionais e internacionais, como Juliette, Jennifer Lopez, Bruna Marquezine e Adele.

Esse sentimento aflige grande parte das mulheres tem um nome: "Síndrome da Impostora". Trata-se de autopercepção ilusória e distorcida das próprias habilidades, que leva indivíduos a acreditarem que não são qualificados para desempenhar tarefas para as quais têm plena competência.

O conceito foi criado em 1978 pelas psicólogas clínicas norte-americanas Pauline Rose Clance e Suzanne Imes. Mais tarde, autoras como Jessamy Hibberd e Valerie Young finalizaram a sua definição. "A baixa autoestima intelectual é a principal causadora desse mal paralisante, que costuma apresentar comportamentos duais", explica a Dra. Marihá Lopes, psicóloga clínica especialista em terapia cognitivo-comportamental, EMDR, psicologia social e pioneira no uso da realidade virtual no tratamento de ansiedade e fobias no Brasil.

"Para algumas pessoas, leva à necessidade de transformar a suposta falta de capacidade em horas de trabalho extra como forma de compensação. Há situações em que a pessoa acaba procrastinando as atividades que precisa realizar pelo receio de não conseguir fazer a tarefa ou até mesmo pelo medo de seu trabalho não ser bem avaliado", acrescenta.

Saiba como driblar a Síndrome da Impostora no seu dia a dia!

Um estudo realizado pela Universidade da Geórgia, nos Estados Unidos, mostrou que 70% das entrevistadas, todas executivas em postos importantes, se sentem "uma fraude", ou seja, não-merecedoras dos cargos que ocupam.

De acordo com a especialista, a síndrome como sistêmica, parte de uma estrutura patriarcal que condiciona as mulheres socialmente. Além disso, muitas delas vivenciaram histórias de assédio e abuso no ambiente de trabalho, abalando a autoestima.

Para a psicóloga, uma das principais formas de combater esse mal é reconhecer os seus pontos fortes ao listá-los para criar a consciência das suas capacidades. "Busque evidências que vão contra essa ideia de incapacidade. Exercite a autoconfiança com relação aos seus talentos e competências, mantendo uma postura de aparente confiança", indica.

"Isso te ajudará a dar a impressão de que está decidida. E lembre-se: você é capaz! Admire o caminho percorrido para chegar aonde está hoje. E acredite no seu potencial", afirma Dra. Marihá.

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.