Home
últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos stories
Sertanejo
Namoro
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Malhação - Viva a Diferença
Novela Totalmente Demais
Novela Êta Mundo Bom!
Novela Novo Mundo
Novela Fina Estampa
As Aventuras de Poliana
Novela Amor Sem Igual
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Amor de Mãe
Novela Nos Tempos do Imperador
Resumo de novelas
TV
BBB20
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Leonardo Dicaprio
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Camila Queiroz
Sabrina Sato
Michel Teló
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Make
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Psicóloga dá dicas para mulheres serem empoderadas: 'Fazer detox ao seu redor'

Compartilhe no Facebook
Ao Purepeople, Vanessa Tomasini afirma que redes sociais influenciam na forma que as pessoas enxergam o próprio corpo

Na academia, corpos magros e sarados. Na internet, contas fitness de Instagram. Nas revistas, as novas dietas da moda. Como se proteger dos distúrbios alimentaresque levam a alimentação a extremos – com tantos estímulos para a perda de peso e pressão para conquistar uma forma física tida como ideal? "Eu brinco que você precisa fazer um detox ao seu redor. Hoje em dia a gente usa muito as redes sociais, como o Facebook, o Instagram, e, às vezes, você segue 1000 perfis de musas fitness, dessas pessoas com esses corpos dentro desses padrões estéticos estabelecidos. E, cada vez que você abre ali o seu feed, você é bombardeado disso o tempo inteiro, então chega uma hora em que você começa a olhar para o seu feed e vê 'caramba, todo mundo tem esse corpo menos eu'", diz a psicóloga clínica Vanessa Tomasini ao Purepeople.

'Existe muito o uso de filtro, photoshop', ressalta psicóloga

Apesar de muitas pessoas se dedicarem a rotinas pesadas de malhação e alimentação regrada, Vanessa chama atenção para outros fatores envolvidos nas fotos "perfeitas" das redes sociais: "A gente sabe que existe muito o uso de filtro, luz, photoshop, tem muitas coisas envolvidas: a posição da foto, a forma como você coloca o seu corpo. Tudo isso é levado em conta. Então, não são corpos reais. Os corpos reais são corpos como o meu, o seu, o da sua vizinha, da sua colega de trabalho, esses são os corpos reais com as suas histórias."

Corpos são naturalmente diversos: 'Não existe certo e errado'

Segundo a profissional, a chave para o empoderamento é compreender a diversidade das formas físicas. "A melhor arma para empoderar essas mulheres é, primeiro, observar ao seu redor, olhar os outros corpos e ver qual é a realidade, que não é essa desse padrão, dessas fotos. A segunda coisa é entender que um corpo que é maior no tamanho ou na forma de outro, ele só é diferente, não existe certo e errado. As pessoas contam também a sua história pelo seu corpo, por exemplo, uma gestação que pode ter trazido estrias. O próprio envelhecimento, as rugas, já são uma marca do tempo que nós vivemos", aponta.

'A gente investe cada vez mais em não sermos quem somos', diz

Além de expandir o olhar ao redor, é importante direcionar a visão para dentro de si. "Hoje existe uma busca muito grande por esse corpo que é perfeito, por esse envelhecimento que tem que ser evitado a qualquer custo, por não parecer a idade que se tem, por tratamentos e cirurgia plástica para poder ter um abdômen X ou Y. A gente investe cada vez mais em não sermos quem somos. Então precisamos voltar, começar esse trabalho de olhar para si própria para que a gente possa voltar a se olhar com amor, a se olhar entendendo o seu momento, o seu corpo, olhar para nós com mais carinho", finaliza Vanessa.

(Por Vanessa Nogueira)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.