Home
Últimas
Famosos Brasileiros
Famosos Internacionais
Famosos na praia
Filhos de famosos
Fotos de famosos
Vídeos
Últimos stories
BBB 21
Sertanejo
Namoro
Casamento
Instagram dos famosos
Principais notícias
Todos os temas
Novelas
Novela Império
Novela A Vida da Gente
Novela Gênesis
Novela Salve-se Quem Puder
Novela Nos Tempos do Imperador
Novela A Viagem
Resumo de novelas
TV
BBB21
Domingão do Faustão
Masterchef Brasil
Caldeirão do Huck
Mais Você
Encontro com Fátima
Fantástico
BBB 21
Cinema
Tapete vermelho
Estreias
Oscar
Cannes
Streaming
Festival do Rio
Angelina Jolie
Jennifer Aniston
Brad Pitt
Tom Cruise
Famosos
Bruna Marquezine
Marina Ruy Barbosa
Sasha
Anitta
Grazi Massafera
Ivete Sangalo
Kate Middleton
Meghan Markle
Marilia Mendonça
Gusttavo Lima
Andressa Suita
Sabrina Sato
Larissa Manoela
Juliana Paes
Beleza & Estilo
Cabelos
Maquiagem
Cuidados com a pele
Moda
Primavera/Verão
Outono/Inverno
Dieta & Saúde
Beleza & Estética

Ludmilla perde processo contra Val Marchiori e se pronuncia: 'Não me faço de vítima. Eu sou'

Ludmilla perdeu processo movido contra Val Marchiori por injúria racial e se pronunciou nas redes sociais. Para a Justiça, a socialite exerceu sua 'liberdade de expressão' ao comparar o cabelo da cantora à esponja de aço. A intérprete de 'Rainha da Favela' desaprovou a decisão judicial: 'Racismo não é liberdade de expressão'

Ludmilla perdeu processo de racismo movido contra Val Marchiori e compartilhou sua indignação com o público nas redes sociais. "A estrutura desse país é tão racista que eles têm a audácia de recorrer e, ainda por cima comemorar, vitória no Instagram", lamentou a funkeira. A cantora abriu ação judicial contra a socialite após se ver alvo de comentários preconceituosos em 2016, durante desfile do Salgueiro. Na época, o cabelo da intérprete de "Rainha da Favela" foi comparado à palha de aço.

A esposa de Brunna Gonçalves chegou a vencer o processo em duas ocasiões, em 2018 e 2020, mas Val Marchiori recorreu à decisão judicial em junho do ano passado e teve recurso acatado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro sob o pretexto de "liberdade de expressão", segundo a coluna Erlan Bastos EM OFF.

Ludmilla desabafa sobre racismo após perder processo

Engajada na luta contra o racismo, Ludmilla usou as redes sociais para criticar a decisão da Justiça e fazer coro aos internautas inconformados com aprovação do recurso favorável à Val. A cantora citou algumas das frases que mais escuta ao expor episódios racistas e cravou: "Vocês percebem agora que não é fácil como parece?". "Essa não é a primeira, segunda ou terceira denúncia que eu faço", continuou.

"Eu também não sou a primeira a passar por isso e, infelizmente, não sou a única", lamentou a funkeira. "Eu não me faço de vítima, não. Eu sou! Tá provado."

E continuou: "Mas quer saber? Eu NÃO VOU PARAR. E não é só por mim não!". A cantora pontuou que é uma voz potente contra a injúria racial e que pretende usar sua influência para mudar o cenário. "Uma hora as coisas vão ter que mudar. E, no que eu puder usar a minha visibilidade pra ajudar nessa mudança, eu juro pra vocês que eu vou!"

Contra a decisão que definiu a fala de Val Marchiori como "liberdade de expressão", Ludmilla fez questão de frisar que racismo não se enquadra dentro dessa definição e contou com o apoio dos seguidores, que ajudaram a reverberar a mensagem da funkeira. Veja abaixo:

Ludmilla já chegou a desativar redes sociais por racismo

Não é de hoje que a cantora se vê alvo de racismo: até mesmo em premiações a funkeira já relatou ter sido vítima de comentários preconceituosos. No final de 2020, a esposa de Brunna chegou a deletar seus perfis no Twitter e no Instagram por ser associada a imagens depreciativas e alvo de discurso de ódio. "Vocês não têm noção do que eu passo com essas pessoas", desabafou na época. "São 24 horas por dia de comentários racistas em todas as minhas postagens, mas eu estou tirando print de tudo porque isso é crime e vai pagar um por um."

(Por Bruna Vilar)

Acompanhe também as últimas notícias dos famosos pelo nosso Facebook.